top of page

Você está pronto para arrasar na redação do Enem?

Este é o primeiro de uma série de posts que chegarão a vocês todas as segundas-feiras até o dia do Enem, então fique ligado/a! Com essas dicas, eu garanto que a redação vai deixar de parecer um obstáculo tão grande (; Vou sempre colocar aqui um pouco do conteúdo da cartilha do participante do Enem 2018, um livrinho ao qual todo mundo tem acesso (é só digitar no google e baixar o pdf!), mas pouca gente sabe. Além de resumir aqui o principal conteúdo do livrinho, vou dar a minha opinião como corretora sobre quais os erros mais cometidos e como evitá-los. Vamos lá?


Mas, o que tudo isso quer dizer? Vamos entender aos poucos.

1- Um texto dissertativo-argumentativo é um texto no qual você deve apresentar um tema (uma problemática) e, a partir dos seus conhecimentos de mundo (sejam eles extras ou retirados da coletânea), argumentar em defesa de uma ideia (a sua tese) sobre tal tema. No final, o Enem pede que você elabore uma proposta de intervenção, mas isso não é próprio do gênero, e sim uma especificidade desse exame. 2- Argumentos consistentes são argumentos pautados em dados ou citações de jornais, revistas, institutos de pesquisa ou profissionais de uma área relacionada ao tema. Não adianta nada você afirmar várias coisas (por exemplo: o número de feminicídios no Brasil aumentou consideravelmente nos últimos anos) sem colocar de onde você tirou essa informação (por exemplo: conforme informações do site G1). A sua opinião é muito importante, mas se você só colocar informações tiradas da sua cabeça, perderá nota de Competência II.

3- É importante lembrar também que, do mesmo modo que o seu texto não pode ser uma sucessão de informações que só você afirmou, ele não pode ser uma mera lista de dados retirados de jornais e revistas. Se você fizer isso, seu texto vai acabar expositivo, sendo não uma dissertação-argumentativa, mas uma notícia ou um informe, como se fosse um jornal, e você perderá nota de Competência III.

4- Coerência e coesão são duas coisas muito importantes de serem levadas em conta quando se escreve uma redação. Se você pecar muito nesse campo, seu texto vai ficar confuso e mesmo sem sentido aparente. Um dos artifícios que você tem que dominar para não perder pontos de coesão é o uso dos conectivos. Falaremos mais sobre isso no post sobre a Competência IV. Ficou com alguma dúvida quanto a isso? Pode perguntar aqui embaixo nos comentários, nós respondemos pra você assim que possível! Semana que vem vamos discutir um pouco sobre a Competência I, não perca!

14 visualizações0 comentário