top of page

Escala Pentatônica - O ponto de partida dos Improvisadores


Sem dúvida alguma a escala pentatônica é um divisor de águas para os músicos que querem improvisar, criar arranjos e sair dos acordes aprendidos até o momento e não é para menos, ela está presente em cerca de 80% das músicas que escutamos na atualidade (fui conservador na porcentagem). Essa escala está presente em diversos gêneros musicais: Musica brasileira, POP, Soul music, funk, jazz e principalmente no Rock. Foi nesse gênero que a escala foi amplamente divulgada através de artistas como Slash (Guns N' Roses), Angus Young (AC/DC), Jimy Hendrix entre outros tantos... Contudo o Blues é o coração da pentatônica, muito do que estudamos hoje vem de canções de pessoas negras norte americanas (criadores do blues) que utilizavam-se desse som para gerar canções e poemas.


Por que a pentatônica é tão utilizada? Essa pergunta é simples, porque é simples de ser memorizada, tanto visualmente quanto de forma auditiva. A pentatonica nada mais é do que uma contração (redução) da escala maior, para ficar mais fácil vamos ver o exemplo abaixo em Dó Maior: Escala Maior: Dó - Ré - Mi - Fá - Sol - Lá - Si Escala Maior (notas reduzidas): Dó - Ré - Mi - - Sol - Lá - Si


Escala Pentatônica Maior: Dó - Ré - Mi - Sol - Lá A pentatônica é uma escala com 5 notas. Analisando em graus essa escala possui: Tônica, 2º Maior, 3º Maior, 5º justa e 6º Maior. Ou seja, não temos notas a evitar na hora da improvisação! "Professor então eu posso colocar qualquer nota desta escala?" - R.: "Sim" "Então já estarei pronto para tocar igual ao Chuck Barry?" - R.: "Não" Saber a pentatônica apenas não quer dizer que você está pronto, entretanto como escrevi no título do texto ela é apenas um ponto de partida para suas improvisações. Para essa primeira aula vamos ficar com o exercício de memorizar a pentatônica seja no braço da guitarra, nas teclas do piano e etc. Abaixo segue a digitação para guitarra: Essa digitação é referente a pentatônica menor e faz parte de nosso material didático ao qual utilizamos em nossa escola, caso queira conhecer mais, clique aqui.



As notas em vermelho são referentes ao tom menor que está sendo tocado. Para uma melhor digitação lembre-se de utilizar os dedos conforme o exercício de 1 2 3 4. Lembre-se de não tirar apenas a digitação, mas memorizar o som que essa escala transmite, para isso abaixo vou deixar alguns videos de artistas que utilizavam essa escala. Caso queira mais informações ou deseja acrescentar algo, deixe nos comentários. Abraço a todos. Danilo Soares